quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Painel da Cidade


Todos nós, moradores e visitantes, sabemos dos problemas estruturais de Francisco Santos. Ruas estreitas, mal planejadas, falta de saneamento básico, enfim, há uma enorme carencia dos serviços essencias. 


Também sabemos que isto é fruto da falta de planejamento inicial, com a contribuição de administrações que não se preocuparam em dar um minimo de organização administrativa e bem-estar aos seus munícipes. 


Infelizmente o que nós observamos é a luta do poder pelo poder, sem um minimo de preocupação com o bem estar da sociedade.


Não é so o poder executivo que tem responsabilidades não, o poder legislativo da nossa cidade é conivente, como também é de todo inoperante. Afinal, o poder legislativo tem o seu papel de legislar, criar leis que beneficiem o cidadão e de fiscalizar a aplicação dos recursos por parte do poder executivo.

Mas  vamos a duas questões, aparentemente  banais, mas reveladoras da falta de ação dos poderes constituidos da nossa cidade. Hoje em dia há um grande boom da construção civil, há construção aqui, ali e acolá. Inicia-se uma construção, interrompe-se as vias por 60, 90 dias e não vemos nenhuma ação dos poderes, no sentido de organizar, de fazer com que as leis sejam cumpridas, fazendo com que estes construtores tenham um minimo de respeito com a população.

Outro ponto  que queremos colocar em pauta. Há ruas estreitas, onde passa apenas um carro, como é o caso da rua Santo Antonio. As pessoas que estão construindo, acrescentam uma especie de varanda no segundo pavimento das casas, em cima das calçadas. Será se estes construtores e os poderes constituidos não sabem que a calçada em uma via pública e não privada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário